apenas o malfeito é costurado de futuro
respira de nascença o desaparecer
não intui a jaula do amigável
e, sobretudo por isso, é reaparição

nunca um passado para ser só brincadeira

.

desde vinte e dois de agosto de dois mil e três

.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 56 outros seguidores